13 de nov de 2011

Fitoterapia e Óleos Essênciais: Citronela



Citronela 10 ml - R$ 20,00

As folhas da citronela eram utilizadas como cataplasma para febre, parasitas intestinais, problemas digestivos e dores, para acelerar curas. Usa-se na China para dores reumáticas, e em todo oriente é reconhecido como um excelente repelente de insetos.
PROPRIEDADES – Anti-sépticas, anti-espasmódica, bactericida, diuretico, tônico, repelente, desodorizador, anti térmico.

 AROMATERAPIA NO DIA-A-DIA:

Usado como desodorante natural, estimulante, refrescante, mata fungos, é anti-bactericida, misturar com outros óleos em loções oleosas. Também encontramos citronela na fabricação de sabonetes, velas e perfumes.
Em aromaterapia é eficaz em problemas reumáticos, entorses e dores musculares. É um excelente anti-séptico e germicida e aumenta a acuidade mental. Condicionador cutâneo, desodorante, enxaquecas e dores de cabeça. Algumas gotas num lenço ajudam a desanuviar a cabeça. É bom para dores e poderoso desodorizante, estimulante geral, refrescante, mata os fungos, antibactericida.
Usado largamente como um desinfetante, anti-séptico caseiro diluindo na água para passar pano no chão, contribuindo para manter os insetos afastados.

 CURIOSIDADES – Usos Através dos Tempos

Um possível uso terapêutico nos primórdios de nosso século dá-se em forma de óleo de fricção , diluído em álcool ou óleo de massagem para reumatismo. Mistura-se bem com- Bergamota, gerânio, palmarosa,cedro, tangerina, limão, capim limão, alecrim, laranja, tea tree.

Método de extração – Destilação a vapor das folhas
Cultivado – Sri Lanka, Marrocos, índia, Brasil e outros países tropicais.
Nota- alta.
Aroma – fresco, seco,refrescante

Composição química- Geraniol, Citronelal , citronelol 
Cuidados e precauções- *Usar sempre diluído. Manter fora do alcance de crianças. Evitar durante a gravidez.

Bibliografia
The A to Z of essential oils – E.Joy.Bowles / Barron´s.
The Illustrated Encyclopedia oh ESSENTIAL OILS – Julia Lawless / Element
Aromaterapia para uma vida Saudável – Clare Walters / Konemann.

Nenhum comentário:

Postar um comentário