19 de jan de 2012

Óleos Essênciais - Capim Limão

Capim Limão 10 ml - R$ 19,50

Usado na medicina tradicional da Índia no tratamento de doenças infecciosas e também como antitérmico. O seu uso como repelente de insetos beneficia tanto homens como animais. É um estimulante digestivo e também usado para dar sabor aos alimentos.
Aromaterapia no dia a dia
 Ativa o sistema nervoso parassimpático e é um bom tónico após um enfermidade.
Estimula o apetite e pode ajudar em casos de gastrenterite, colite e indigestão, uma vez que estimulada as secreções glandulares e os músculos usados na digestão.
Alivia varizes e frieiras.
As suas poderosas propriedades anti-sépticas tornam-no muito útil no quarto do doente, principalmente quando se trata de laringite, dor de garganta, febre e doenças infecciosas em geral.
Elimina o ácido úrico, tonifica e melhora a circulação em músculos doridos e fatigados.
Ajuda a combater as dores de cabeça e a sensação de cansaço e confusão mental de quem faz viagens longas com bruscas mudanças do fuso horário (jet-lag).
Um bom desodorizante e repelente de insetos.
Repele traças.
Pode ser usado em animais (em diluição) para protegê-los de pulgas e carcaças.
Pode ajudar no fluxo de leite de mães a amamentar.
Dá ânimo e capacidades de realização às pessoas.
É estimulante, revigorante e confere energia.
Pode ser útil em casos de fadiga mental e de stress.
Efeitos na pele
Tonifica a pele ajudar a alisar a pele flácida de quem perdeu muito peso.
Pode ser de utilidade em casos de pé-de-atleta e outras micoses.
Melhora as condições de que tem pele oleosa e transpiração excessiva.
Mistura-se bem com
Cedro do Atlas, bergamota, eucalipto, gerânio, gengibre, jasmim, alfazema, mirra, neroli, niaouli, patchouli, camomila-romana, alecrim, manjerico, melaleuca
Curiosidades – Usos Através dos Tempos
Um óleo muito apreciado na medicina tradicional da Índia, usado para baixar a febre, conter doenças infecciosas e tornar mais lento o desenvolvimento de tumores.
Também é conhecido como citronela indiana e óleo de citronela da Índia.
Era tradicionalmente usado para curar doenças de pele e matar germes.
Pesquisas modernas realizadas na Índia demonstraram que ele produz um efeito sedativo no sistema nervoso central e reconheceram as sua propriedades anti-sépticas e bactericidas.
A Índia foi o principal fornecedor do óleo até pouco depois da 2ª Guerra Mundial, quando as Índias Ocidentais assumiram a liderança da produção.
A exposição ao ar e à luz diminui o teor de citral, que compõe 70-80% do óleo.
É um ingrediente comum em sabonetes detergentes, perfumes e cosméticos e muito popular também como aromatizante de comida, sobretudo na cozinha tailandesa.
Método de extração – destilação a vapor das folhas
Cultivados- Índia , Estados Unidos, Brasil, Sri Lanka,China.
Nota – Alta
Aroma – Invasivo e refrescante.
Composição química – Farnesol, geraniol, nerol (álccois); citral, citronelal (aldeídos); limoneno e mirceno (terpenos)
Propriedades 
Analgésico, anti-depressivo, anti-microbiano, anti-séptico, antioxidante, antipirético, adstringente, bactericida, carminativo, desodorizante, diurético, febrífugo, fungicida, galactagogo, inseticida,nervino, profiláctico, sedativo, (nervoso), estimulante e tónico.
Cuidados e precauções
 este óleo pode causar irritação à pele sensível, por isso use-o em baixas dosagens. Uma versão adulterada às vezes é vendida como verbena de limão, embora exista também um óleo essencial extraído da planta da verbena de limão (Lippia citriodora).
  • Usar sempre diluído. Manter fora do alcance de crianças.
Bibliografia
The A to Z of essential oils – E.Joy.Bowles / Barron´s.

Nenhum comentário:

Postar um comentário